0Days0Hours

Festival

O Festival Aqui_Acolá, da responsabilidade da Câmara Municipal da Ponta do Sol e que conta com a colaboração de diversas entidades/personalidades culturais de relevo da Ponta do Sol, assume-se como um evento promotor de Arte, Cultura e Tradições. Na sua génese evidencia-se a pretensão em congregar as mais variadas manifestações artísticas num acontecimento que se quer digno, e acima de tudo que eleve honradamente os mais nobres pergaminhos artísticos, culturais e tradicionais através dum ecleticismo estilístico pragmático assumido.

A Ponta do Sol é uma vila criativa, ou não seria o berço de projetos pioneiros na cultura regional e nacional, sendo per se um dos centros culturais de referência da ilha da Madeira.

O Festival Aqui_Acolá vem de alguma forma enaltecer e louvar toda essa dinâmica. Um festival que acontece pelo quarto ano consecutivo e que pretende continuar o campo da reflexão sobre a criação, arte, cultura e tradição, com uma programação multidisciplinar. Este ano acontece de 10 a 13 de maio, tendo sempre início no dia da Festa da Ascensão, antigo feriado municipal e congrega música, dança, teatro, cinema, literatura, fotografia entre outros.

O festival também envolve a comunidade escolar, na medida em que os voluntários que colaboram no festival são selecionados pela Escola Básica e Secundária. Existe ainda uma vertente religiosa no festival, que é assumida pela sua componente tradicional: a quinta-feira em que se inicia o Aqui_Acolá coincide com a Festa da Ascensão, uma festa católica em que se reúne todas as saloias que cantam nas visitas pascais (Espirito Santo) de todo o Concelho, num momento muito valorizado pelos residentes. Também é nesta missa que são lançadas pétalas de rosa, que os crentes recolhem e levam para as suas casas, pois crêem que essas pétalas benzidas aumentam a fertilidade das árvores e conservam a fruta já colhida. Também são os alunos das escolas que levam e soltam essas pétalas na igreja.

Pretende-se que o Festival Acolá_Acolá seja uma autêntica celebração da arte, cultura e tradição, de forma a que quem se dirigir à Ponta do Sol entre a quinta-feira, dia 10 de maio, e domingo, dia 13 de maio, seja surpreendido por várias formas de expressão artística, não só nos vários palcos estrategicamente colocados pela vila, como também por vários pontos pedonais do concelho.

Quinta-feira – 10 de Maio / Thursday the 10th of May

17h00

ABERTURA OFICIAL / Official Opening

Visita a exposições

Visit to the exhibitions

19h30

As Barrigas Têm Dentro – Teatro / Theatre – palco/stage 3

Teatro Feiticeiro do Norte é uma das companhias de teatro com mais atividade da região, apresentam a sua última produção com Paula Erra e Élvio Camacho.

Teatro Feiticeiro do Norte are theatre companys from Madeira, they present their last production with Paula Erra and Élvio Camacho .

21h30

Colo de Teresa Villaverde – Cinema – palco/stage 3

Teresa Villaverde marcou o cinema Português com filmes como os Mutantes. É projetada a sua mais recente longa-metragem com a presença de Vasco Pimentel, diretor de som.

Teresa Villaverde is responsible by many classics of the Portuguese cinema , it will be screened her latest long feature film with the presence of Vasco Pimentel, the sound director.

22h30

Madeira Jazz Colective – Música / Music – palco/stage 1

Os melhores músicos de Jazz da Madeira juntaram-se neste ambicioso projeto de originais. Cada músico compôs um tema e têm tocado nos melhores festivais.

The best jazz musicians of Madeira got together in this ambitious project of originals,each musician composed on theme, since then they have been playing in the best festivals.

Sexta-feira – 11 de Maio / Friday the 11th of May

19h00

Húmus – The dead must be killed once again – Dança / Dance – rua/street

Intervenção de dança contemporânea na rua, criado a partir das obras de Raul Brandão e de Herberto Helder. A coreografia é de Dimitra Poulos e Nuno Sousa.

Interventions of contemporary dance in the street, created by the works of Raul Brandão and Helberto Helder. Choreography by Dimitra Poulos and Nuno Sousa.

20h30

Olhos Caídos, Ciclo Tânia Carvalho – Dança / Dance – palco/stage 3

Uma das mais importantes coreógrafas portuguesas da dança contemporânea celebra este ano 20 anos de carreira. Olhos caídos teve a sua estreia na Bienal de Lyon.

One of the most important choreographers of the contemporary dance of Portugal is celebrating 20 years of career. The festival will present one of her emblematic works.

21h45

Dead Combo – Música / Music – palco/stage 2

Dead Combo são uma das bandas nacionais mais importantes do momento, lançaram recentemente o seu 6º álbum que se encontra no 1º lugar no Top de vendas nacionais.

Dead Combo are one of the most important Portuguese bands of the moment, recently they released their 6º album that is on the 1st place of the most sold albums in Portugal.

23h00

Mercedes Peon – Música / Music – palco/stage 1

Tradicional, étnica, electrónica são palavas que definem o trabalho Mercedes Peon, vencedora de vários prémios, apresenta um concerto de fusão etno-contemporânea.

Traditional, ethnic, electronic are words that defines the work of the award winning artist Mercedes Peon, will present a concert of fusion etno-contemporary.

00h30

Dj Michael Yang – palco/stage 1

Michael Yang assume-se como um apaixonado por boa música. O Disco, Deep House e Techno, são alguns dos estilos que o inspiram, fundador da marca Fluid.

Michael Yang assumes himself has a passion person of good music. Disco, Deep House and Techno are some of the styles that inspires him. He is also a founder of the brand Fluid.

Sábado – 12 de Maio / Saturday the 12th of May

18h00

Funchal Baroque Ensemble – Música / Music – palco/stage 5

Um concerto de música clássica que une duas vozes instrumentais (flautas) acompanhadas por uma linha de baixo (cravo e violoncelo) num palco especial do festival.

A concert of classic music that join two instrumental voices ( flute) guided by a bass line (harpsichord and cello) in a special stage of the festival.

19h00

Elisa e Tiago – Música / Music – palco/stage 1

Estes dois artistas iniciaram o ano passado esta parceria que os tem levado a muitos bons palcos, são detentores das mais belas vozes da nova geração de músicos da Madeira.

This two artists started this partnership last year and have taken them to many stages, they have the the most beautiful voices of the new generation of musicians of Madeira.

20h30

Olhos Caídos, Ciclo Tânia Carvalho – Dança / Dance – palco/stage 3

Uma das mais importantes coreógrafas portuguesas da dança contemporânea celebra este ano 20 anos de carreira. Olhos caídos teve a sua estreia na Bienal de Lyon.

One of the most important choreographers of the contemporary dance of Portugal is celebrating 20 years of career. The festival will present one of her emblematic works.

21h30

Fado das Quinas – Música / Music – palco/stage 1

Cinco elementos oriundos de diferentes géneros, fundiram as sonoridades dos seus instrumentos adicionando ao tradicional fado ritmos dos 4 cantos do mundo.

Five elements from different musical genres, together they brought new sounds to the traditional Portuguese music, Fado, but keeping the national soul and voice.

22h45

Mafalda Veiga – Música / Music – palco/stage 2

Mafalda Veiga dispensa apresentações, com dez álbuns editados e centenas de concertos é responsável por muitos belos temas do cancioneiro português.

Mafalda Veiga needs no introduction, with ten albums and hundreds of concerts she is responsible of many emblematic beautiful songs from Portugal.

00h30

Dj Celso Velosa – palco/stage 1

Provavelmente o DJ mais versátil e ecléctico da Madeira, partilha a sua cultura musical desde 1997 nos melhores espaços da região.

Probably the most versatile and eclectic DJ of Madeira, he shares his cultural music since 1997 in the best places of the Island.

Domingo – 13 de Maio / Sunday the 12th of May

14h00

Retrospectiva Eduardo Costa – Documentário / Documentary – palco/stage 4

Eduardo Costa produções tem criado documentários à volta de questões socias e históricas da Madeira que têm ganho prémios e reconhecimento internacional.

Eduardo Costa Produções created documentaries about social and historic situations of Madeira than have been recognized internationally and won several awards.

14h00. A Revolta do Leite (repete/playback às/at 17h00)
15h00. Fachos (repete/playback às/at 18h00 ) – conversa com Eduardo Costa
16h00. Lego do Meu Bairro ( epete/playback às/at 19h00)

16h00

Mulheres Como Eu… – Teatro / Theatre – palco/stage 3

Apresentação do grupo de Teatro da casa do povo da Ponta do Sol com a encenação de Zé Abreu, conta a história de várias mulheres e os seus amores e desamores.

Perfomance by grupo de Teatro da casa do Povo da Ponta do sol with direction by Zé Abreu, tells the story about several women and their affections and disaffections.

17h00

Camachofones – Música / Music – rua/street

Uma das bandas de rua mais originais da região, apresentam-se com uma energia e liberdade artística única, variam géneros que podem passar do Jazz para o Afrobeat, entre outros.

A street band and one of most original ones from Madeira, they use instruments made by them and present an artistic freedom that can range from jazz to Afrobeat and others.

18h00

Rodin – Dança / Dance – palco/stage 3

O Bailado Auguste Rodin carateriza-se por um misto de luz e de sombra, presentes nas mais belas obras. A visão destas obras pela Companhia Madeira Ballet Theatrê.

The work dance of Agust Rodin is based in a mixed of light and shadow present in his various works, today we present the vision of his work by Madeira Company Ballet Theatrê.

19h30

Quarteto Moritz – Música / Music – palco/stage 1

Quarteto Moritz explora o universo da Braguinha, instrumento tradicional da Madeira, num panorama musical que remete às suas raízes, mas com sentimentos do presente.

Quarteto Moritz explores the universe of “Braguinha”, traditional instrument of Madeira, they explore the roots and tradition but also the sounds and trends of today.

20h30

Orquestra de Salão Impeatriz Sissy – Música / Music – palco/stage 2

O grupo foi fundado por músicos húngaros a residir na Madeira e apresentam um concerto que tem como base as operetas mas que busca inspiração em outros géneros.

The group was founded by Hungarian musicians of living in Madeira and they present a concert that is based in operettas but finds inspirations in other genres.

20h30

Encerramento / Closing

Arte Plásticas

Estão abertas, até 01 de maio de 2018, a apresentação de projetos de intervenção, que pretendem dar espaço a artistas emergentes com vontade de mostrar o seu trabalho, através de criações artísticas dirigidas ao espaço público. Esta secção desafia os artistas para a apresentação de propostas que abordem o espaço público nas suas mais diversas perceções, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

Na edição 2018, as Artes Plásticas, assumem-se como um espaço de experimentação artística dentro da programação oficial do Festival Aqui_Acolá, explorando a intervenção efémera no espaço público: (Instalação, Arte Ecológica, Novos Media, Arte Digital, Performance).

Os projetos selecionados serão financiados conforme o orçamento apresentado por cada artista, podendo ser muito variável (condicionado pelo impacto da intervenção, tempo de execução e materiais utilizados), sendo um dos principais critérios de seleção a viabilidade quer técnica quer orçamental dos mesmos.

A intervenção artística urbana está particularmente consignada às intervenções visuais em espaços públicos. Tais intervenções poderão assumir variadas dimensões, desde as pequenas inserções até às grandes instalações artísticas. Nesta perspetiva, considera-se que estas manifestações artísticas enquadram-se nos propósitos estéticos deste Festival.

Neste sentido, fazendo jus aos princípios orientadores do Festival Aqui Acolá, apresentamos de seguida as linhas orientadoras para a apresentação de propostas para Intervenção artística em espaços públicos – Aqui_Acolá.

Composição do Júri

O júri será composto pelos seguintes elementos designados pela Comissão organizadora do Festival Aqui_Acolá:

  1. Representante da Comissão organizadora do Festival Aqui_Acolá;
  2. Representante do Município da Ponta do Sol;
  3. Três especialistas na área das artes plásticas convidados pela Comissão organizadora do festival Aqui Acolá.

Critérios para a seleção

O júri irá selecionar as propostas recebidas segundo os seguintes critérios:

  1. Impacto e qualidade artística;
  2. Relação e enquadramento no espaço – Vila da Ponta do Sol;
  3. Viabilidade (técnica e orçamental).

Apresentação das propostas

As propostas devem ser submetidas até 01 de Maio de 2018 através do email [email protected] contendo os seguintes elementos:

  1. Nome(s)
  2. Data de Nascimento
  3. Nacionalidade
  4. Morada
  5. Telefone
  6. Email
  7. Ocupação/Atividade Profissional
  8. Título do projeto
  9. Local de intervenção
  10. Descrição do projeto (não deverá exceder uma página A4)
  11. Sumário da distribuição do orçamento

Devem ser enviados esboços, fotografias, diagramas ou outras visualizações para ilustrar a intervenção proposta.

Divulgação de resultados

Todos os proponentes serão informados por via eletrónica da decisão do júri no dia 03 de maio de 2018. Os proponentes dos projetos selecionados serão convidados a efetivar a sua proposta no âmbito do Festival Aqui_Acolá 2018.

A decisão do júri não é passível de qualquer recurso.

Outros

Etnografia

Grupo Folclore da Ponta do Sol   Dias 12 e 13 das 16h00 às 20h30

O Grupo de Folclore de Ponta do Sol, apresenta vários quadros ao vivo, representativos da História de Ponta do Sol em Finais do Sec XIX e princípios do sec XX.

Em todo o espaço teremos figurantes em movimento pois vamos representar as vivências dessa época e actividades do dia-a-dia.

Intervenções Arte Pública

todos os dias do festival

Exposição

Três janelas para o sol (sala do conservatório)

Espaço/atelier aberto (Coletiva – Espaço do terraço do John dos Passos)

GLITCH VISUAL ARTISTS apresentam SALOBROS AFETOS BY CARLA CABRAL

Workshops

Todos os dias do Festival/ Every day of the Festival

10h00. Workshop / Atelier e exposição / Exhibition

Cerâmica, modelação e olaria: «como o barro espera pela chegada das mãos»

Ceramics, modelling and pottery «how pottery calls for the arriving of the hands»

Orientação / Teacher – Miguel Ramos

Sábado – 12 de Maio  / Saturday the 12th of May

Workshop / concerto para crianças – concert for children

B-ábá da Música (Música no parque) para crianças / for children

Domingo – 13 de Maio / Sunday the 12th of May

09h00. Workshop / Atelier infantil – children

Desenho e pintura sobre tecido – “Bonés e um saco ecológico para ir ás comprasdraw and painting about fabrics” / “ Hats and a ecologic bag to go shopping”

Orientação / Teacher – Luisa Spínola.

09h00. Workshop de iniciação à fotografia

Formador / Teacher – Pedro Carvalho

13h30. Workshop / Atelier infantil – children

Desenho e pintura sobre tecido – “Bonés e um saco ecológico para ir ás compras draw and painting about fabrics” / “ Hats and a ecologic bag to go shopping”

Inscrições – [email protected] / 96 5830 320

Tradição e Etnografia

Etnografia

O Grupo de Folclore de Ponta do Sol, propõe uma Viagem pela História da Ponta do Sol, através de vários quadros ao vivo, representativos de finais do Sec. XIX e princípios do Sec. XX.; Transportes, Bordado, lides domésticas, entre outros.

No espaço teremos uma carapuça gigante, símbolo mourisco do folclore da Madeira.

Em todo o espaço teremos figurantes em movimento, com trajes e objectos etnográficos alusivos às vivências dia-a-dia de outrora.

Pela 1ª Vez, o Grupo de Folclore apresenta algumas danças e musicas em horário definido: Sábado (dia 13) às 17:00 e 20:30 horas; Domingo às 16:30 e 19:00h.

Teremos a tocata do Grupo constituída pelos instrumentos tradicionais, que vai animar o espaço.

Tradição

A quinta-feira em que se inicia o Aqui Acolá coincide sempre com a Festa da Ascensão, uma festa católica em que se reúne todas as saloias que cantam nas visitas pascais (Espirito Santo) de todo o Concelho, num momento muito valorizado pelos residentes. Também é nesta missa que são lançadas pétalas de rosa, que os crentes recolhem e levam para as suas casas, pois crêem que essas pétalas benzidas aumentam a fertilidade das árvores e conservam a fruta já colhida.

Localização / Location

Contactos / Contact

Morada/Adress: Rua Santo António, 9360-219 – Ponta do Sol

Email: [email protected]

Telefone/Telephone: (+351) 291 972 106

© Festival Aqui_Acolá – All rights reserved | Webdesign: António Néu